Aquicultura em Portugal

A aquicultura em Portugal é reconhecida por obedecer a normas rigorosas em termos de qualidade, sustentabilidade e proteção do consumidor. Alguns dados sobre a aquicultura na União Europeia [Fonte: DG MARE, a partir dos dados do Eurostat]: A aquicultura em Portugal Representa aproximadamente 20% da produção de peixeProdução: 1,28 milhões de toneladas;Portugal, no contexto da UE, representava, em 2011, 2% do valor da produção aquícola europeia

Emprega diretamente cerca de 80 mil pessoas

O consumo de produtos da pesca e da Aquicultura em Portugal atinge cerca de 13,2 milhões de toneladas

 

Aquicultura em Portugal em tanques rede

 

A aquicultura da UE contribui em 10 % para o abastecimento do mercado da UE de produtos do mar. Os moluscos representam cerca de metade da produção da UE, sendo os mexilhões e as ostras os mais populares. Os peixes de água salgada, como o salmão, a dourada e o robalo, constituem cerca de um quarto da produção e os peixes de água doce, como a truta e a carpa, cerca de um quinto. Fonte: A aquicultura na União Europeia – Espaço Aquicultura

topo